Villas-Boas responde com Bicadas a Pinto da Costa: ‘Do outro lado são todos anjos’

Numa recente ação de campanha em Penafiel, André Villas-Boas, candidato à presidência do FC Porto, reagiu às declarações do atual presidente e também candidato, Pinto da Costa. Em resposta à forma como Pinto da Costa se referiu à sua candidatura durante um evento em Espinho, Villas-Boas lançou uma crítica velada, destacando a narrativa de “pecadores contra anjos” que parece emergir nesta corrida eleitoral.

“Já toda a gente percebeu que deste lado da candidatura são todos pecadores, e do outro lado são todos anjos“, afirmou Villas-Boas, sublinhando a sua intenção de manter um caminho marcado pela transparência e pelo esclarecimento dos adeptos e associados do clube. O candidato expressou também a crescente vontade de mudança entre os sócios, uma tendência que afirma ser “inegável” face às suas interações durante a campanha.

Abordando questões de financiamento e gestão, Villas-Boas destacou a necessidade do FC Porto gerar receitas e continuar a ser um clube vendedor, face ao passivo significativo. No entanto, criticou a gestão atual das finanças, apontando para a importância de melhorar o resultado líquido das vendas de jogadores, uma vez que “o que entra nos cofres do clube é realmente muito pouco”.

Apesar das críticas à gestão atual, Villas-Boas não deixou de reconhecer o trabalho de Pinto da Costa, afirmando ser um prazer competir com alguém que elevou o nome do clube a tão alto patamar.

Além disso, Villas-Boas reiterou a sua proposta de reforma do Conselho Superior do clube, enfatizando a importância de atingir a paridade de género e de incluir vozes dos sócios no órgão consultivo. Revelou a intenção de convidar sócios de diferentes gerações para se tornarem membros do Conselho, visando aumentar a representatividade e efetividade do mesmo na gestão do clube.

Estas declarações surgem numa altura crucial, com as eleições para a presidência do FC Porto agendadas para 27 de abril. A campanha de Villas-Boas promete mudanças significativas na estrutura e na gestão do clube, numa tentativa de aproximar ainda mais os sócios e adeptos das decisões que afetam o futuro do FC Porto.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *