Tengstedt não é para o Benfica: “Jogador ocupa a posição principal, mas os números de Arthur Cabral e Marcos Leonardo são melhores.”

Com a frente de ataque do Benfica a sofrer para encontrar a consistência, as estatísticas de Arthur Cabral e Marcos Leonardo destacam-se perante a falta de eficácia de Casper Tengstedt.

Enquanto Tengstedt luta para encontrar a forma, marcando apenas três golos em 29 jogos esta temporada, a dupla brasileira parece oferecer mais ao ataque encarnado. Arthur Cabral, com uma média de 1,8 remates por jogo na Liga e 10 golos marcados, supera significativamente Tengstedt.

Por outro lado, mesmo com menos minutos em campo, Marcos Leonardo apresenta uma média de golos impressionante, marcando um a cada 80 minutos, o melhor registo entre os avançados do Benfica.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *