St. Juste quebra o silêncio após a final da Taça: ‘Eu sei que decepcionei algumas pessoas’

Uma semana após a derrota do Sporting na final da Taça de Portugal, frente ao FC Porto (2-1 após prolongamento), Jeremiah St. Juste quebrou o silêncio, este domingo, com uma publicação nas redes sociais, em que aproveitou para admitir que precisou de “refletir e limpar a cabeça” depois de um jogo em que a sua expulsão no primeiro tempo penalizou os leões em busca da ‘dobradinha’.

“Tive alguns dias para refletir e limpar a cabeça. O último jogo foi uma montanha-russa e eu sei que dececionei algumas pessoas. Ainda assim, estou extremamente orgulhoso deste grupo que lutou por cada passo”, começou por escrever o defesa neerlandês.

“Quero agradecer a todos vocês, sportinguistas, pelo imenso apoio nesta temporada. Através dos altos e baixos difíceis, fizeste-me sentir em casa. Esta temporada foi cheia de memórias inesquecíveis. Tenho orgulho de dizer que somos campeões de Portugal na época 23/24. Mais virão”, acrescentou de seguida.

Recorde-se que St. Juste até foi o responsável pelo golo inaugural no Jamor, aos 20 minutos, mas foi já com o jogo empatado que viu o cartão vermelho direto, por travar Galeno, quando este seguia isolado, em cima da meia hora de jogo, numa final em que o conjunto de Sérgio Conceição acabaria por destronar a equipa de Rúben Amorim no prolongamento, com um penálti convertido por Mehdi Taremi (100′).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *