Sérgio Conceição deixou abraço a Ricardo Nunes e revelou o porquê de não o fazer antes

No último domingo, Ricardo Nunes anunciou o fim da sua carreira como jogador e aproveitou a oportunidade para confirmar que será candidato à presidência do Varzim. O guarda-redes fez uma análise retrospectiva da sua carreira e falou sobre o futuro durante uma entrevista no Canal 11 na noite de terça-feira.

Durante o programa, recebeu uma chamada em direto de Sérgio Conceição para lhe dar os parabéns.

“O Ricardo foi um profissional de excelência. E como o homem, que está sempre relacionado com o profissional, ele é de alto gabarito. Vi o jogo com o Lourosa e tinha nos meus apontamentos para lhe mandar um abraço no final do jogo com o Vitória, mas depois não pude por causa da azia que tive. Aproveito agora para lhe mandar esse abraço. Vai ter sucesso de certeza no que aí vem, pela capacidade intelectual que tem, pela sua perspicácia, por toda a experiência no balneário”, começou por dizer.

“Vai formar uma equipa forte para ter sucesso no Varzim, não tenho dúvida nenhuma. Acabou de jogar há dois dias e formar equipas para liderar um clube não é fácil, não é de um dia para o outro. Vamos dar tempo para o Ricardo demonstrar tudo aquilo que ele é: um vencedor na vida profissional e na vida pessoal. Passou por momentos mais complicados, mas que soube ultrapassar. Sou um admirador confesso. Fez uma época extraordinária na Académica, apesar de todas as duras que lhe dei”, continuou, revelando em seguida que não deixou a mensagem antes por causa da azia após perder com o Vitória SC.

“Ricardo, desculpa ser só agora, por causa da azia não deu para ser no dia, havia coisas mais quentes na minha cabeça. Fica agora o abraço”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *