Sérgio Conceição após ser ultrapassada pelo filho: “A culpa é de Antonio Oliveira”

Numa jornada marcante tanto pessoal quanto profissionalmente, Sérgio Conceição viu o seu filho, Francisco Conceição, ultrapassar o número de jogos que ele próprio realizou pelo FC Porto e igualar o número de golos (11).

Após a vitória dos dragões por 3-0 contra o Chaves, o técnico partilhou com a Sport TV um momento de orgulho e uma pitada de humor sobre o feito do filho.

“O António Oliveira foi o grande culpado disso, porque me metia a jogar a lateral“, brincou Sérgio Conceição, referindo-se ao seu tempo como jogador sob a gestão de Oliveira, que o posicionava menos ofensivamente, limitando suas chances de marcar.

“Se jogasse na frente, tinha feito mais uns golos“, acrescentou, sorrindo.

Apesar da brincadeira, o técnico expressou grande satisfação e orgulho pelo envolvimento contínuo de sua família com o clube.

“É importante que a família fique ligada a este grande clube, enche-nos de orgulho. É um prazer enorme“, disse Conceição. Ele destacou não apenas o sucesso de Francisco, mas também o de outros jovens talentos do clube, como Martim Fernandes e Gonçalo Sousa, que têm mostrado grande potencial e contribuído para o FC Porto.

“Fico contente pelo Francisco, pelo Martim, pelo Gonçalo, e por todos os miúdos que aparecem, com talento, e depois são lançados e dão uma resposta positiva e são uma mais valia para o clube“, concluiu o técnico, evidenciando a importância da juventude e da formação na estratégia do clube.

Este marco não apenas celebra um feito individual de Francisco, mas também sublinha a eficácia da política de formação do FC Porto, uma questão de orgulho para a família Conceição e para a instituição.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *