Schmidt volta atrás sobre o pedido de desculpa aos adeptos após o 5-0 no Dragão

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Rangers, a contar para a primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa, Roger Schmidt mostrou-se feliz por o Benfica voltar a jogar, depois da goleada sofrida diante do FC Porto.

“Estamos muito felizes por voltarmos a jogar. Estávamos tristes e desapontados com o resultado do último jogo e agora temos uma nova oportunidade para mostrarmos um bom futebol. Amanhã jogamos numa competição completamente diferente e sabemos que na fase em que estamos, temos sempre adversários muito difíceis. Acho que o Rangers é uma boa equipa, jogam de maneira muito direta, com muitas transições, aproveitam a profundidade. São muito fortes com bola, têm grande intensidade. Temos de mostrar que estamos empenhados e estamos a jogar em casa, precisamos da nossa intensidade e confiança, aproveitando também o fator casa. Sabemos que vai ser um jogo difícil e queremos reagir”, afirmou.

Schmidt admite ainda fazer alterações no onze para a partida contra os escoceses.

“Claro, estou sempre a pensar nisso. No último jogo sofremos cinco golos e isto é algo de novo para nós. Habitualmente conseguimos ter a bola e evitamos certas situações perto da nossa área. Sofremos quatro e cinco golos depois de cruzamentos e isto não acontece com frequência desde que sou treinador do Benfica. Temos de perceber por que tivemos dificuldades em afastar a bola. Claro que temos de analisar os lances. Preciso de refletir quais serão os titulares para o jogo de amanhã. Mas claro que precisamos de um bom plano, não só para os titulares como para os suplentes. É isso que temos sempre demonstrado no último ano e meio e até já nesta época. É verdade que estamos desiludidos pelas derrotas contra o FC Porto e o Sporting, mas já vencemos muitos jogos esta época. Não acho que seja verdade que tenhamos demonstrado que não somos capazes de vencer e de não sofrer golos. Acho que conseguimos defender com muita qualidade e todos os jogadores são responsáveis, tenho a certeza que vão reagir bem“, disse.

Por último Schmidt abordou a sua polémica posição após a goleada sofrida diante do FC Porto em que considerou que não havia necessidade de pedir desculpas aos adeptos.

“Acho que isto é um assunto vosso. Não chega pedir desculpa, temos de mostrar uma reação. Foi isso que disse depois do jogo. Claro que peço desculpa aos adeptos, estamos aqui para fazer os benfiquistas felizes. Mas não podemos alcançar os nossos objetivos a pedir desculpa, temos de o demonstrar em campo. Precisamos de mostrar uma reação, de jogar bom futebol, de defender de maneira sólida para amanhã conseguimos um bom resultado e levá-lo para Glasgow. Temos de demonstrar que o Benfica tem de jogar um futebol de topo e foi isso que disse depois do jogo. Não estou a dizer que agora a minha atitude é diferente, mas quero mostrar que somos capazes de ter um desempenho diferente. É assim que sou”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *