Schmidt anuncia regresso e avisa: “Chaves não tem nada a perder”

O Benfica recebe os transmontanos do Chaves nesta sexta-feira, pelas 18 horas, no Estádio da Luz. Um jogo que conta para a I Liga, duas horas e meia antes do rival Sporting defrontar o Estrela da Amadora. Roger Schmidt fez a antevisão à partida pelas 13 horas desta quinta-feira.

Numa conferência de imprensa que teve a condição física dos jogadores em foco, depois da pausa internacional, Roger Schmidt anunciou o regresso de Juan Bernat:

“Todos, bem como ele, esperávamos uma época diferente. Ele veio com uma pequena lesão. Veio bem jogou uns minutos no mas desde fim de outubro até agora tem estado lesionado. Cinco meses. Penso que não é o momento para pensar na próxima época. Está a trabalhar muito duro para voltar. Pela primeira vez em cinco meses ele voltou ao relvado. Esperemos que tenha um impacto nas ultimas semanas, está no bom caminho”, disse.

Além disso, falou sobre a condição de dois internacionais argentinos e de Alexander Bah, que tinha sido ‘devolvido’ ao Benfica por lesão. “Otamendi e Di María podem descansar. A questão é se é bom para eles descansar. Penso que ambos são jogadores que gostam de jogar consistentemente. Às vezes precisam de descanso por exemplo o Ángel, tem muitos jogos de uma vez e antes dos grandes jogos é prudente tê-los de fora. Ambos são jogadores-chave, eles jogam ao mais alto nível. Eles mostraram nos ultimos quinze anos o nível deles. O Alex Bah está bem, ainda estamos a gerir a carga dele mas teve um problema e temos de ter cuidado. Ele voltou a treinar, mas agora está pronto.”

Sobre o Chaves, disse brevemente que “não tem nada perder, tem uma boa equipa e um bom treinador. Temos de ultrapassar esta missão, esta tarefa.” Por fim, falou sobre as ameaças a Ángel Di María e também a entrevista bombástica de Orkun Kokçu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *