Rui Vitória culpa caso dos emails pela falha da conquista do penta do Benfica

Rui Vitória, técnico que dirigiu o Benfica entre 2015 e 2018, partilhou reflexões profundas sobre a temporada 2017/18, uma época de altos e baixos que culminou com o clube a falhar o objetivo do pentacampeonato na Primeira Liga. Em conversa no podcast No Princípio Era a Bola, da Tribuna Expresso, Rui Vitória abordou não só os sucessos que teve à frente do clube mas também os desafios, destacando o impacto do caso dos emails no seio do Benfica.

O treinador relembra que, apesar de não se sentir “traído”, acredita que poderia ter havido um compromisso mais robusto por parte do clube, especialmente em momentos-chave da temporada.

O ex-treinador dos encarnados enfatiza o esforço feito para blindar o balneário das repercussões externas, tentando preservar a concentração dos jogadores.

“Tentei bloquear ao máximo a entrada [desses assuntos] no balneário], tive de amortecer questões que iam surgindo“, disse. Ainda assim, Vitória reconhece que as polémicas em torno do caso dos emails tiveram um “impacto ainda maior” devido à “máquina tão afinada” que era o Benfica naquela altura, tornando qualquer desafinação particularmente prejudicial.

Este período turbulento na história recente do Benfica continua a ser analisado e discutido, com a temporada 2017/18 a servir como um lembrete das dificuldades que podem surgir quando fatores externos influenciam o desempenho e a moral de um clube. Rui Vitória, agora a refletir sobre esses momentos, oferece uma perspetiva interna sobre como desafios inesperados podem afetar uma equipa, mesmo uma tão bem preparada como o Benfica daquela era.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *