Rui Costa furioso com Roger Schmidt e despedimento está iminente

O futuro de Roger Schmidt no Benfica será analisado até ao final da temporada. Apesar de ter contrato por mais dois anos, a permanência do treinador alemão está longe de ser garantida, pois o presidente Rui Costa exige uma reflexão, de acordo com o jornal O JOGO deste sábado.

A eliminação na Liga Europa contra o Marselha deixou o líder das águias furioso nas bancadas do Vélodrome, já que esta competição era o último objetivo ao qual o Benfica ainda tinha controlo direto.

Segundo o mesmo jornal, Rui Costa acredita que Roger Schmidt tinha um plantel com capacidade para competir em todas as frentes, o que acabou por não acontecer, e a revalidação do título de campeão nacional parece agora distante.

Embora o presidente do Benfica não seja fã de terminar projetos prematuramente, as circunstâncias atuais exigem uma reflexão, especialmente sobre a continuidade de Schmidt para a próxima temporada.

Além disso, é importante notar que um eventual despedimento da equipa técnica liderada pelo treinador alemão poderá ter um custo superior a 20 milhões de euros para o Benfica.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *