Rúben Amorim voltou a falar da viagem a Londres na flash interview depois do clássico ‘Mexeu mais comigo’

Na flash interview que se seguiu ao empate do Sporting diante do FC Porto, Rúben Amorim analisou a partida, reconhecendo o resultado foi melhor do que a exibição.

“O resultado foi melhor do que a exibição. O FC Porto pressionou-nos quando falhávamos uma receção ou passes divididos. Deixámos o FC Porto crescer, criar problemas. Não tanto pelo Galeno e o Francisco, mas sim quando perdíamos a bola na saída para o ataque. Fomos bloqueando bem a saída do FC Porto, principalmente nos pontapés de baliza. Mas nunca assentámos o jogo. Nunca tivemos caudal ofensivo no meio-campo ofensivo do FC Porto. Mesmo durante o jogo, não fomos muito agressivos. Não foi brilhante, mas fica o resultado“, afirmou em declarações à Sport TV.

O técnico leonino discordou da ideia de que a equipa rende menos sem Gyökeres, que acabou por bisar na partida e garantir o empate.

“Acho injusto para os outros, principalmente para o Paulinho. Ficamos sem capacidade de ir no espaço. É poderoso, empurra-nos para a frente. Ainda há duas jornadas dizíamos que não marcava, que estava nervoso, e a equipa até estava na melhor fase. Tem uma capacidade que mais nenhum tem e que se nota na equipa“, referiu.

Amorim também desvalorizou a série sem derrotas que o Sporting atravessa.

“Se o resultado fosse uma derrota seria diferente. Se fosse ao contrário, com uma vantagem de dois golos e perder essa vantagem, também seria diferente. Não nos garante nada, mas mantemos a sequência e temos mais um ponto. Não podemos atingir o recorde do FC Porto, mas podemos bater o do Sporting“, disse.

Por último, o treinador verde e branco foi convidado a revelar se a viagem a Londres teve impacto na equipa antes desta partida.

“Nada, nada, mexeu mais comigo. É seguir em frente. Os jogadores não sentiram nada. Talvez tenham sentido alguma coisa em mim, mas não neles“, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *