Rúben Amorim sobre Marcus Edwards: “A postura corporal dele é displicente descontentamento ou insatisfatório?…”

A postura de Marcus Edwards em campo é displicente? “Eu acho que o contrário… Sei que a postura corporal dele transmite isso, mas eu acho que ele está a tentar em demasia. Pela primeira vez na vida está a importar-se, porque não está a ser como quer. E isso o torna-o muito ansioso. É fácil de perceber dessa forma olhando a postura corporal dele em campo, mas é só isso. Ele vai voltar ao seu nível, como o Trincão voltou, por exemplo”

Lesões, Trincão e Paulinho: “O Marcus Edwards tem uma lesão, ele aguentou o jogo todo com a Atalanta, mas vai parar algum tempo, não sabemos quanto tempo. O Trincão teve a lesão contra o Rio Ave, mas deu o que nos tem dado. Acho que foram os dois melhores meses do Trincão. O Paulinjo dá-nos características diferentes do Gyokeres, designadamente nas bolas paradas. É difícil substituir o Pote. Ele tem o pé direito, o que é raro no nosso plantel e no lado esquerdo isso faz a diferença. Isso não podemos alterar, vamos encarar o jogo de forma diferente.”

Eliminação da Liga Europa: “Hoje parece um mundo um bocadinho melhor. Ontem ainda foi difícil digerir. Acho que estamos lá, às vezes falta-nos qualquer coisa que acho que é culpa nossa. Quando eles são melhores aceitamos com outra facilidade. Custou bastante, mas já estamos a pensar no Boavista. Temos tudo na nossa mão. A pior sequência já passou. Agora teremos maioritariamente três dias entre jogos. Queríamos era estar em mais uma competição, mas vamos aproveitar os próximos dias para trabalhar e meter jogadores como o Pontelo ou o Koba ao nível tático e físico da equipa. Há essa parte má de não estar na competição, mas vamos aproveitar para meter a equipa melhor”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *