Ruben Amorim pede desculpas a um dos jogadores na final da Taça de Portugal

O jogo parecia favorável ao Sporting quando St. Juste marcou o primeiro golo. No entanto, pouco depois, o defesa central holandês foi expulso por impedir uma progressão isolada de Galeno em direção à baliza de Diogo Pinto.

Com o Sporting reduzido a 10 jogadores, Rúben Amorim teve de ajustar a equipa, substituindo o japonês Morita. Após receber aplausos do público enquanto se dirigia ao banco, Morita viu o seu treinador estender-lhe a mão duas vezes, num gesto de pedido de desculpas pela substituição.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *