Roger Schmidt foi questionado sobre os protestos dos adeptos contra o Braga e respondeu assim…

O técnico do Benfica, Roger Schmidt, foi questionado sobre o ambiente hostil nas bancadas do Estádio da Luz durante o jogo contra o SC Braga, ocorrido neste último sábado. Schmidt afirmou ter sentido o apoio da maioria dos adeptos presentes e destacou estar pronto para lidar com essa atmosfera desafiadora, evitando entrar novamente em confrontos.

“O que eu posso dizer sobre todo este ambiente tóxico é que eu tenho pessoas que conhecem o Benfica há muito mais tempo do que eu que me dizem que isto não tem diretamente a ver connosco. É algo que acontece muitas vezes no Benfica e que já aconteceu no passado. Claro que com tudo isto fica mais difícil de vencer jogos e ter sucesso, mas hoje senti no estádio que existem muitas pessoas que não estão satisfeitas com este espírito negativo que foi criado e acho que também temos de destacar isso hoje, não só aqueles que mostraram desagrado. Existiram 55 mil pessoas que apoiaram a equipa de forma positiva hoje. Não é fácil lidar com isto, especialmente para os jogadores. O Benfica é um clube fantástico em tantos tópicos distintos que, por vezes, temos de aceitar também que é um clube difícil. Não estou preocupado com isso. Hoje mostrei que consigo lidar com isso, mostrei também jogadores que estão preparados para jogar mesmo quando estamos numa atmosfera diferente daquela que é a normal. Se todos conseguirmos fazer isso bem, toda a gente ficará satisfeita, não só os 55 mil mas talvez os 65 mil”, disse Schmidt.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *