Pinto da Costa lembra Durão Barroso com bicada ao Benfica: ‘São mouros?’

Pinto da Costa marcou presença no Dia do Clube, um evento criado por um grupo de adeptos do FC Porto para assinalar o aniversário da conquista da Taça UEFA em 2003, em Sevilha.

O presidente dos dragões foi convidado a discursar, revelando uma história curiosa com Durão Barroso. Pinto da Costa revelou que convidou o então primeiro-ministro para ver o jogo, mas o político foi aconselhado a não marcar presença, uma vez que, em caso de derrota, estaria ligado ao mau resultado. Ora Pinto da Costa deixou uma bicada… ao Benfica, arrancando gargalhadas da plateia.

“Quando jogámos cá, convidei o então primeiro-ministro, Durão Barroso, para vir ao jogo e ele disse que sim, que tinha tido uns problemas com o então presidente da Câmara, que não queria que ele viesse, mas foram superados e ele veio ao jogo. Naturalmente que fiquei satisfeito, porque independentemente de quem é, é sempre o primeiro-ministro de Portugal e era uma honra.

De manhã recebi um telefonema dele a dizer ‘ó Pinto da Costa, estou aqui muito preocupado, num dilema’, e eu perguntei-lhe ‘então, o que é que se passa?’, e diz ele: ‘Os meus assessores acham que não devo ir’. Perguntei-lhe ‘mas porquê? São mouros?’ Quando lhe disse que eram mouros era a pensar que seriam de África… (risos) Ele disse-me ‘não, eles acham que o FC Porto tem ganho sempre e que hoje não vai ganhar, e que eu indo vou ficar ligado à derrota e que sou eu que dou azar’.

Respondi-lhe ‘ai é por isso? Então venha à vontade que eu responsabilizo-me que ganhamos’. E ele veio. Aos 7 minutos sofremos um golo e ele diz ‘ó Pinto da Costa, que desgraça’, e eu respondi ‘calma, o jogo não são 7 minutos, são 90, e quando o Maniche marcou o golo do empate, ele deu um salto maior do que eu“, contou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *