Pinto da Costa critica Villas-Boas com relação a Sérgio Conceição “Irresponsabilidade”

Pinto da Costa concedeu uma entrevista à Rádio Renascença, publicada na íntegra esta quarta-feira, a dar conta não só das atuais contas do FC Porto entre Liga Europa e Liga dos Campeões (dependendo ainda de como o rival Benfica vai acabar a época), mas também da sua postura em relação à não renovação com Sérgio Conceição, com críticas a André Villas-Boas pelo meio.

“Não renovei antes [com Sérgio Conceição] e a outra candidatura [de André Villas-Boas] diz que não percebe, mas é fácil de perceber. A partir do momento em que há eleições e não se sabe qual vai ser o presidente, o Sérgio Conceição nunca iria renovar sem saber com quem é que ia trabalhar. Isso é óbvio. Se vai continuar a ser o treinador? Estou convencido que sim, espero e estou convencido que sim. E não só na próxima”, começou por dizer.

“Vejo um treinador que é meu amigo, que está comigo e que tenho a certeza vai continuar comigo. Agora, não o quero envolvido nas eleições. E acho uma grande irresponsabilidade, porque a escolha do treinador é a decisão principal”, vincou de seguida, seguindo-se um novo ataque à candidatura do antigo treinador dos dragões.

“Acho extraordinário que as outras candidaturas ainda não tenham um treinador. O candidato Villas-Boas, ainda há dias, disse que não tinha falado com nenhum treinador, que está à espera para ser eleito para se sentar com o Sérgio Conceição. Acho isto uma irresponsabilidade”, completou de seguida.

Recorde-se que as eleições presidenciais do FC Porto estão marcadas para o próximo dia 27 de abril, onde Pinto da Costa (no cargo há 42 anos) terá a concorrência de André Villas-Boas e Nuno Lobo pelo estatuto de líder máximo dos azuis e brancos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *