Papa salvou Paulinho de dois jogos de suspensão após expulsão frente ao FC Porto

Um ano após Paulinho ter sido punido com uma suspensão de dois jogos pela expulsão na final da Allianz Cup, em 28 de janeiro de 2023, contra o FC Porto, o Tribunal Arbitral do Desporto – para o qual o Sporting recorreu – anunciou que o jogador foi amnistiado de acordo com a lei n.º 38-A/2023, que concedeu perdão de penas e amnistia de infrações durante a realização em Portugal da Jornada Mundial da Juventude, com a presença do Papa.

A decisão foi tomada depois do Conselho de Disciplina confirmar a suspensão de dois jogos a Paulinho, por ter insultado os árbitros da final da Allianz Cup contra o FC Porto em 28 de janeiro, no momento em que foi expulso.

“Face exposto, delibera o presente colégio arbitral amnistiar a infração pela qual o demandante foi sancionado pela demandada em sede de processo sumário de 31 de janeiro de 2023, nomeadamente as sanções de suspensão por dois jogos e de multa por 2.555 euros, por alegada prática da infração disciplinar prevista no artigo 158.º, alínea a) do Regulamento Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional”, lê-se na decisão do TAD.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *