Palhinha e o momento mais difícil no Sporting: ‘Não estava feliz’

João Palhinha, médio reconhecido internacionalmente, partilhou, numa emotiva entrevista ao podcast ‘1 PARA 1’ de Pedro Pinto, a sua jornada de superação e crescimento no futebol, destacando uma etapa menos positiva no Sporting, que precedeu um período de empréstimo ao SC Braga, marcante na sua carreira.

O jogador desabafou sobre o desafio emocional enfrentado durante a sua primeira passagem pelo clube de Alvalade, onde sentiu uma falta de apreciação por seu talento e esforço.

“Cheguei a sentir que as coisas não iam passar dali. Não estava feliz, não estava motivado. Sentia que não me estavam a dar o valor que merecia, apesar de ser ainda miúdo“, relembrou Palhinha, evidenciando o desânimo que o consumia nesse período.

Contudo, foi o empréstimo ao SC Braga que veio a reacender a esperança e a confiança do jogador nos seus próprios méritos. Palhinha destacou como essa fase foi crucial para reavivar a sua paixão pelo futebol e a crença nas suas capacidades: “E foi aí, foi no SC Braga que eu comecei a acreditar que podia chegar longe, ou seja, a chama voltou a acender dentro de mim“.

O papel de Rúben Amorim, que treinou Palhinha tanto no Braga quanto posteriormente no Sporting, foi fundamental nessa trajetória ascendente. O técnico foi descrito pelo jogador como uma figura de inspiração e apoio, crucial para o seu desenvolvimento profissional e pessoal.

“Sempre foi um treinador que admirei. Sempre tivemos uma excelente ligação e sempre me puxou para cima. Mesmo no Sporting, na altura em que fomos campeões, ele sempre mostrou-me aquilo que eu poderia vir a alcançar e quis sempre que estivesse com ele nesse primeiro ano“, revelou Palhinha, evidenciando a importância da liderança de Amorim na conquista do título de campeão pelo Sporting e no seu crescimento enquanto jogador.

Esta partilha de João Palhinha não só lança luz sobre os desafios inerentes ao percurso de um atleta profissional, como também sublinha a importância do suporte técnico e emocional na superação de obstáculos e na realização de aspirações pessoais e coletivas no mundo do futebol.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *