Os detalhes da rescisão de Sérgio Conceição com o FC Porto

Após uma longa reunião entre os advogados de Sérgio Conceição e o presidente do FC Porto, André Villas-Boas, foi acordada a rescisão do contrato do treinador, que estava válido até 2028. Durante o encontro, foram abordados os detalhes financeiros e práticos da separação.

Segundo informações obtidas, Conceição receberá os valores devidos até ao seu último dia de trabalho, incluindo pagamentos pendentes. Não há qualquer acordo de confidencialidade na rescisão, permitindo ao treinador falar sobre o que se passou no clube nos últimos tempos, avançou a CMTV.

Com a saída de Conceição, surge a oportunidade para a promoção de Vítor Bruno, seu adjunto, como desejado por André Villas-Boas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *