Oficial: Adeptos do Benfica proibidos de deslocar-se a Marselha “Coloca em causa o espírito da prova”

O Benfica anunciou, em forma de comunicado emitido através das plataformas oficiais, ao final da tarde desta terça-feira, que foi “formalmente notificado pelas autoridades francesas da proibição da presença de adeptos” em Marselha, para o jogo da segunda mão dos quartos de final da Liga Europa, agendado para o próximo dia 18 de abril, no Orange Vélodrome.

Nesse sentido, o clube da Luz diz já ter voltado a “contactar as autoridades portuguesas, que alertaram – em face desta decisão das autoridades gaulesas – para o elevado potencial de risco quanto à presença de adeptos do Marseille em Lisboa para o jogo desta quinta-feira, dada a elevada ‘probabilidade de ocorrência de situações de alteração da ordem pública, nomeadamente através da perpetração de atos de violência associada ao desporto a envolver adeptos de ambos clubes, bem como com as Forças de Segurança'”.

Fruto deste “clima, de potencial risco de insegurança”, os encarnados decidiram “anular os bilhetes já emitidos e adquiridos pelos adeptos do Marseille para o jogo desta quinta-feira”, na Luz, “manter a venda de bilhetes para o jogo desta quinta-feira apenas e exclusivamente a sócios do Benfica” e “apelar a que os adeptos do Marseille não viajem para Portugal e que os adeptos do Benfica não viajem para França”.

“O Sport Lisboa e Benfica lamenta profundamente a decisão das autoridades francesas, apenas hoje comunicada, a qual coloca em causa o espírito das competições europeias, privando-as da presença dos adeptos, a essência do futebol, para apoiar as suas equipas na deslocação ao campo adversário, nesta eliminatória dos quartos de final da Liga Europa”, completa a nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *