“O verdadeiro fora de série do Sporting é Rúben Amorim”

Ivone De Franceschi, jogador que se sagrou campeão português ao serviço do Sporting, na temporada 1999/2000, por empréstimo do Venezia, concedeu, esta segunda-feira, uma entrevista à Antena 1, na qual analisou a atualidade do clube de Alvalade.

O antigo avançado italiano, atualmente com 50 anos de idade, teceu rasgados elogios a duas personalidades em particular do conjunto verde e branco, começando desde logo pelo treinador, Rúben Amorim, que, acredita, é o principal ‘obreiro’ do clima de otimismo que se vai vivendo.

“O verdadeiro fora de série do Sporting é o treinador. Ele incutiu uma mentalidade incrível nos jogadores. Há um paralelo com a Atalanta, que também é uma equipa com muito dedo do treinador. O Sporting é uma equipa com muita qualidade e intensidade de jogo. Não tenho dúvidas de que Rúben Amorim deu muito ao Sporting”, afirmou.

O ex-jogador virou, de seguida, atenções para Viktor Gyokeres: “É um jogador de que gosto muito. Tem estado muito bem, e a chegada foi um sinal de antecipação do Sporting no mercado. A direção tem estado a trabalhar muito bem, mesmo na aposta no treinador. É importante dar continuidade para se atingir os resultados, como está a fazer o Sporting”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *