O Sporting perto de ganhar 23 milhões de euros, e não é com Rúben Amorim…

O Sporting está perto de garantir um importante encaixe financeiro… sem vender nenhum dos principais ativos do plantel. Trata-se de uma espécie de jackpot com jogadores que não entram nos planos do leão, sem espaço no plantel de Amorim, e que foram cedidos para manter (e se possível…) aumentar o seu valor de mercado de forma a serem rentabilizados financeiramente. Para tal, no acordo de empréstimo, foram garantidas pelos leões cláusulas de compra (algumas obrigatórias…) a serem exercidas no final da época.

Contas feitas… foram seis os jogadores cedidos nestas condições contratuais. Aqui excluímos outros nomes, alguns jovens — casos de Mateus Fernandes, Essugo, Callai, Afonso Moreira, Samuel Justo, entre outros — que, apesar de emprestados, ainda espreitam um regresso a Alvalade para nova oportunidade. Um lote de seis jogadores que, no total, caso fossem exercidas as respetivas cláusulas de compra pelos clubes cedidos, poderiam render cerca de €40 milhões aos cofres leoninos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *