O Sporting pede um preço muito alto por Gyokeres, sendo assim só estará disponível para a bolsa inglesa “NÃO VALE O INVESTIMENTO”

Os números de Gyokeres fazem miséria nos rivais e promovem rendição generalizada. O antigo médio Fredrik Soderstrom, que figurou largos anos na Liga portuguesa entre Vitória, FC Porto, Braga e Amadora, também alinha na admiração que se colhe por toda a gente que observa a época do Sporting e o festim de golos do sueco na sua temporada de estreia em Alvalade. O talento misturado com condições atléticas diferenciadas, havia sido detetado no Bronnapojkarna, de Estocolmo.

“Conheço-o desde os 14 anos, era forte, poderoso e trabalhava muito. Melhorou a parte técnica e a finalização nestes últimos anos. Já fizera muitos golos no Championship, no Coventry, mas toda a gente ficou surpreendida pelo impacto em Portugal. Ele entrou com o pé direito, cheio de energia e foi marcando sempre golos”, curva-se.

“A primeira época é sempre mais fácil gerar surpresa. Penso que ficar para fazer uma segunda época será mais complicado, porque já o conhecem”, atesta, reconhecendo o apetite por quem foi capaz de marcar 36 golos em 44 jogos, até ao momento. Mesmo que viva nesta fase diálogo mais errático com as balizas. “Todos querem um jogador que marque golos desta maneira. O Sporting pede um preço muito alto e acho que só os ingleses o podem pagar. Fez um bom trabalho no Championship mas a Premier League é outra coisa. Vamos ver.”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *