O discurso de André Villas-Boas com uma bicada enorme à anterior direção “atrasar o inevitável é adiar a construção de um FC Porto mais forte”

André Villas-Boas fez um grande discurso durante a sua tomada de posse como o novo presidente do FC Porto, onde criticou a gestão anterior por dificultar a transição de responsabilidades.

“Não poderia deixar de terminar este discurso sem fazer um apelo ao bom senso da Administração da SAD do FC Porto! A vossa renúncia não seria jamais considerada um ato de fuga, mas sim, um ato nobre que vos é levaria”, começou por dizer sobre o assunto.

“O Clube não tem dois presidentes, tem um presidente eleito pela vontade expressa dos Sócios numa mudança. Atrasar o inevitável é adiar a construção de um FC Porto mais forte de futuro e estou seguro de que é isso que vossas Excelências desejam”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *