Mourinho revela arrependimento em recusa à seleção portuguesa e permanência na Roma

Em declarações à ‘EA Sports Korea’, Jose Mourinho admitiu que cometeu um erro ao recusar o convite da Federação Portuguesa de Futebol para liderar a Seleção Nacional após a saída de Fernando Santos.

Quando questionado sobre qual seleção nacional gostaria de treinar no futuro, Jose Mourinho respondeu: “Portugal, é normal. Tive essa oportunidade, duas vezes, mas eles não chegaram até mim no momento certo. Fiquei emocionado quando rejeitei esta última proposta, porque decidi ficar na Roma e penso que cometi um erro”.

“Portugal tem uma equipa fantástica, uma das melhores, está no top 5. Eu sabia disso, mas senti uma grande conexão com a Roma, com os adeptos, e não queria ter de tomar aquela decisão… Já tive dois convites para treinar Portugal, penso que haverá um terceiro e vou aceitá-lo. Só espero que a geração que venha a ter ao meu dispor seja tão forte como esta…”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *