Luis Gonçalves pode enfrentar punição muito dura após agredir membro do Sporting CP

De acordo com o jornal desportivo Record, Luís Gonçalves, ainda administrador da SAD do FC Porto, enfrenta uma possível sanção que pode estender-se até três anos, devido a alegadas agressões e ameaças de morte dirigidas a membros do Conselho Diretivo do Sporting.

Segundo a mesma fonte, Gonçalves é acusado pelo clube leonino de ter pontapeado Alexandre Ferreira e de ter empurrado e ameaçado de morte Rodrigo Pais de Almeida. Estes incidentes serão detalhados na denúncia que o Sporting pretende enviar ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. O caso teve origem numa situação ocorrida no Estádio do Dragão, envolvendo Frederico Varandas, presidente do Sporting, que, enquanto era alvo de insultos por parte de adeptos do FC Porto, respondeu com gestos provocatórios, incluindo um beijo na direção da bancada e gestos de despedida apontando para o camarote de Pinto da Costa.

Luís Gonçalves e cerca de vinte outros elementos do FC Porto, incomodados com o que consideraram uma provocação, confrontaram pouco depois os dirigentes do Sporting, sendo que Varandas não estava presente no grupo em questão. Os acontecimentos foram testemunhados por Pedro Proença, presidente da Liga.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *