Lenda do AC Milan descarta chegada de Sérgio Conceição: “Desde 2000 apenas Mourinho conseguiu…”

Sérgio Conceição tem sido um dos nomes apontados pela imprensa italiana para render Stefano Pioli no comando técnico do AC Milan a partir do próximo verão, mas há quem não esteja de acordo com a chegada do treinador do FC Porto a Milão.

Fabio Capello histórico treinador dos rossoneri, deu a entender que o AC Milan deveria avançar para a contratação de um técnico italiano, desconsiderando as chegadas de Sérgio Conceição ou Paulo Fonseca, que também foi colocado na rota dos milaneses.

“Os treinadores italianos vencedores são pouco procurados. Hoje fala-se muito de estrangeiros e de jovens técnicos em ascensão, de De Rossi [Roma] a Gilardino [Génova] e a Palladino [Monza]. A ideia dos dirigentes é provavelmente ir à procura de algo novo, diferente mas também barato. Produtos em segunda mão são menos populares”, começou por dizer Capello, em declarações ao jornal Gazzetta dello Sport.

“Quem é que veio de fora para triunfar em Itália? Liedholm, Boskov e Eriksson são alguns exemplos, mas com muitos anos. Desde 2000 apenas aconteceu com [José] Mourinho e isso tem de querer dizer alguma coisa. Olhamos à nossa volta e vemos o Thiago Motta [Bolonha] em casa, a postos para as grandes equipas. Depende do que o clube quer, da ideia que tem e do tipo de futebol que quer ver em campo. Falámos de experiência, mas também é preciso coragem. Se o Berlusconi não a tivesse, o Milan de Sacchi, Capello ou Ancelotti podia não ter existido”, prosseguiu o antigo selecionador italiano.

“Há jovens treinadores a fazer um bom trabalho. O De Zerbi [Brighton] é apadrinhado pelo Guardiola, esteve bem no Sassuolo, agora está a passar por um pouco mais de dificuldades. Ganhou a Supertaça na Ucrânia, pode-se dizer que é um italiano com experiência. E, hoje dia, para se treinar o Milan ou a Juventus, é preciso saber muitas coisas”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *