Jornalista holandês deixou aviso sobre Roger Schmidt e ninguém lhe deu ouvidos “adeptos do PSV ficaram felizes com a saída de Schmidt”

Sander Berends, jornalista holandês do ELF Voetbal deu em 2022 uma entrevista ao jornal Record em que falou da saída de Roger Schmidt do PSV.

Na altura o jornalista fez algumas declarações que os benfiquistas agora concordam, nomeadamente sobre as substituições e onzes iniciais que utiliza.

“Os adeptos do PSV ficaram felizes com a saída de Roger Schmidt. O clube apresentou-lhe uma nova oferta, mas creio que isso só aconteceu porque não estavam a conseguir encontrar um bom sucessor. Ruud van Nistelrooy passou do PSV II para a equipa principal. Mas Van Nistelrooy sempre disse que preferia ficar no PSV II para ganhar mais experiência. A verdade é que acabou por ser promovido. No início, Roger Schmidt era popular no PSV. Mas rapidamente começou a ser criticado devido a algumas substituições e equipas iniciais. Nunca repetia a mesma equipa e muitas vezes deixava os melhores jogadores no banco”, começou por dizer.

“Os adeptos não percebiam a gestão de Roger Schmidt. Basta ver, ao longo de duas temporadas, os guarda-redes que foram utilizados. Também se irritava muito depois dos jogos. Teve conflitos com quase todos os árbitros. Nas conferências de imprensa, entrevistas rápidas… tinha sempre uma crítica. Chegou a dizer: ‘O Ajax tem a vantagem dos árbitros. Eles querem que o Ajax seja o campeão’. Esta frase ganhou mediatismo, mas ao longo da época ele deu a entender isto mesmo em várias ocasiões. Sempre que empatava ou perdia, a culpa era de alguém. Nunca dele ou dos próprios jogadores”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *