Jogador do Sporting suspenso por 30 dias e ainda terá de pagar uma multa de…

Dário Essugo, jogador do Sporting, foi suspenso por 30 dias e multado em 1.020 euros, devido aos incidentes que ocorreram no jogo entre V. Guimarães e Sporting, realizado a 9 de dezembro no Estádio D. Afonso Henriques.

Essugo, atualmente emprestado pelo Sporting ao Desportivo de Chaves, esteve envolvido numa confusão perto dos bancos, depois de o defesa central do Sporting, Luís Neto, ter tido uma altercação com um apanha-bolas acusado de atrasar o reinício do jogo, que terminou com a vitória do Vitória por 3-2.

Estes acontecimentos resultaram na abertura de processos disciplinares. Essugo foi acusado de infrações relacionadas com o artigo 145.º do Regulamento Disciplinar.

Conselho de Disciplina:

“1. Absolver o Arguido Luís Carlos Novo Neto do ilícito disciplinar p. e p. pelo artigo 145.º, n.º 2, al. b), do RDLPFP, de que vinha acusado;

2. Julgar a acusação procedente por provada e, em consequência, condena-se: (i) O Arguido Arnaldo Miguel Abreu Cardoso Fernandes da Silva, pela prática da infração disciplinar p. e p. pelo artigo 141.º do RDLPF, com a sanção de multa que se fixa em 11,25 UC, isto é, 800,00 € (oitocentos euros); (ii) O Arguido Ricardo José Ferreirinha de Matos, pela prática da infração disciplinar p. e p. pelo artigo 141.º do RDLPF, com a sanção de multa que se fixa em 11,25 UC, isto é, 800,00 € (oitocentos euros); (iii) O Arguido Dário Cassia Luís Essugo, pela prática da infração disciplinar p. e p. artigo 145.º, n.º 2, al. b), do RDLPFP, com a sanção de suspensão de 30 (trinta) dias e, acessoriamente, com a sanção de multa de 25 UC, isto é, 1.020,00 € (mil e vinte euros).”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *