Gyokeres sem direito a saldos e pode superar valores de Bruno Fernandes

Viktor Gyokeres continua nas bocas do mundo e a fazer capas de jornal. Desta vez não sucedeu em Portugal mas em Itália, onde foi notícia na “Gazzetta della Sport” face ao interesse do AC Milan em tê-lo como avançado a partir da próxima época. Mas além de forte concorrência de Inglaterra, e de clubes como o Chelsea e o Arsenal, os rossoneri terão outra séria dificuldade para tirar o goleador sueco de Alvalade: o valor que o Sporting irá exigir numa futura venda, uma vez que a SAD leonina não entra em saldos.

Aliás, a sociedade antecipa que não sendo possível assegurar a permanência do jogador por mais uma época, como é desejo de Rúben Amorim e Direção, o internacional sueco pode tornar-se a transferência mais alta de sempre do clube, superando os valores de Bruno Fernandes. O médio saiu para o Man. United inicialmente por 55 M€ mas com objetivos a verba já chegou aos 65 M€.

Na referida notícia, onde se explica que os números de Gyokeres, designadamente os 36 golos que leva pelos leões em 39 jogos, fazem dele sério candidato a assumir o legado de Giroud (o francês fará 38 anos em setembro), não é esquecida a cláusula de 100 milhões de euros fixada no contrato do ponta-de-lança. Contudo, é salientado que seria necessário reduzir significativamente a verba, apontando para não menos de 50 M€. E lembrando que Zirkzee (Bolonha), Sesko (RB Leipzig) e Giménez (Feyenoord) são outros nomes seguidos pelos rossoneri e igualmente dispendiosos, a “Gazzetta dello Sport” acrescenta que a vontade do jogador poderia ter influência numa mudança para Milão, lembrando o fator Ibrahimovic. Ídolo e compatriota de Gyokeres, com quem jogou apenas uma vez na seleção sueca (no jogo de despedida de Ibra), a antiga estrela do Milan é hoje consultor de Gerry Cardinale, proprietário dos rossoneri e poderia tentar “empurrar” o sportinguista para Itália, diz ainda o artigo.

Quanto ao próprio Gyokeres, tem evitado falar sobre qual poderá ser o seu futuro. Após o jogo frente a Portugal, quinta-feira passada, questionado se seria impossível seguir no Sporting, respondeu: “Impossível é dizer isso agora”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *