Governo Fala em “Insubordinação Gravíssima” da polícia no Famalicão-Sporting

O Governo Português, através de um comunicado emitido por São Bento, classificou a situação de falta de policiamento no jogo entre Famalicão e Sporting como uma “insubordinação gravíssima” por parte das forças de segurança envolvidas. O encontro, que era aguardado com grande expectativa, teve de ser adiado para uma data ainda a definir, devido a esta inesperada contingência.

A reação do Ministério da Administração Interna (MAI) ao incidente foi considerada tardia, tendo sido confirmada apenas às 22h30 a decisão de solicitar à Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI) a abertura de um inquérito urgente para apurar as circunstâncias que levaram à ausência de policiamento adequado no evento desportivo.

Na sequência dos acontecimentos, estão agendadas reuniões para a manhã seguinte (9h00) entre o Diretor Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), o Comandante Geral da Guarda Nacional Republicana (GNR) e José Luís Carneiro, Ministro da Administração Interna. O objetivo destas conversações é não só abordar as falhas específicas no policiamento do jogo em Famalicão mas também discutir outras ocorrências similares em esquadras e comandos da região.

Este episódio levanta questões sérias sobre a organização e a eficácia das medidas de segurança em eventos de grande escala em Portugal, especialmente em contextos desportivos que atraem grandes multidões e onde a segurança é primordial.

O inquérito urgente solicitado pelo MAI visa esclarecer os motivos por trás desta falha de segurança e determinar as responsabilidades envolvidas, com a expectativa de que medidas corretivas sejam implementadas para evitar a repetição de tais incidentes no futuro.

A comunidade desportiva e o público em geral aguardam com expectativa os resultados deste inquérito, esperando que o mesmo contribua para reforçar a confiança nas autoridades responsáveis pela segurança em eventos desportivos nacionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *