Frederico Varandas recorda emboscada que sofreu: “Achei que não continuaria neste mundo”

Frederico Varandas, médico e militar, estava destacado no Afeganistão, em 2008, quando a coluna de militares portugueses em que estava foi atacada por talibãs. O incidente ocorreu em 8 de junho e permanece vívido na memória do presidente do Sporting. Varandas confidenciou que na altura pensou que não sobreviveria. Esta revelação foi feita numa entrevista ao programa Alta Definição, que será transmitida no próximo sábado na SIC.

“Tínhamos estado 42 dias nessa missão no pior local do Afeganistão e lembro-me de ver a expectativa de baixas que tínhamos por dia. E pensei: Ei… Lembro-me muito bem do nosso tenente-coronel virar-se para mim e dizer: ‘Varandas, o nosso objetivo é regressar todos’. Houve dias em que tivemos muita sorte”, afirmou, visivelmente emocionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *