Frederico Varandas – “Há dois tipos de ruído, de quem muito dificilmente pode vencer…”

Mensagem: “Primeiro quero dar uma palavra ao menino Andrew que perdeu a mãe, isso sim é uma tragédia. Dar uma palavra a Andrew e à sua família.”

Sinal de força do Sporting: “Ficam a faltar seis jornadas, com sete pontos de avanço, em 18 que faltam disputar. É muito fácil concluir que ainda não há motivo para festejar. Estamos sim muito confiantes e determinados para alcançar os objetivos, tal como estávamos aquando do adiamento do jogo com o Famalicão, quando decidimos ter o objetivo de chegar a esse jogo no primeiro lugar isolados, e assim estaremos.”

Os rivais: “Também sabemos que chegando a esta reta final do campeonato, há dois tipos de ruído, sobre quem está muito bem colocado e de quem muito dificilmente pode vencer ou já não pode vencer. Estou muito contente por o Sporting estar a sofrer o ruído de quem pode vencer. Sabemos muito bem que daqui para a frente vamos perder jogadores, roupeiros, treinadores e etc. O clube está 100% imune a qualquer tipo de ruído e focados em conquistar os dois títulos que vamos disputar”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *