Francisco Conceição paralisa FC Porto para deixar aviso aos colegas “é preciso dar a vida…”

Francisco Conceição esteve em grande destaque na vitória do FC Porto por 3-1 frente ao Vitória SC, garantindo a presença na final da Taça de Portugal, frente ao Sporting. O internacional português foi à flash-interview da SportTV e deixou um aviso que o seu pai, Sérgio Conceição, já deixou anteriormente.

“Vínhamos de um período difícil. Infelizmente, por uma ou outra coisa, os resultados não surgiram, nos últimos jogos. Entrámos neste jogo com um golo sofrido, muito difícil para uma equipa que vem de um mau momento, mas demonstrámos que, para representar este símbolo, é preciso dar a vida. Foi isso que fizemos. Viemos de uma situação difícil, demos a volta de forma categórica, a demonstrar bom futebol, a fazer golos… Fizemos o normal nesta casa, que é ganhar e chegar à final. Falta o que queremos, que é o título, na final da Taça. É disso que vamos à procura. Só depois é que podemos estar feliz pela conquista desta competição”, começou por dizer.

“Sofrer esse golo podia fazer com que a equipa entrasse, novamente, numa espiral negativa e se descontrolasse um pouco. Não foi isso que aconteceu. Demonstrámos uma grande atitude. Temos esta competição para ganhar. Queremos muito ganhar, porque este clube exige títulos. Vamos à procura deste título com tudo o que temos. Agora, há que focar no campeonato. Temos algumas finais para ganhar, porque queremos acabar muito bem a temporada”, continuou.

“Sabemos que, internamente, não podemos ganhar o campeonato. Não estivemos à altura do FC Porto, mas podemos ganhar a Taça de Portugal e fizemos uma grande Liga dos Campeões. Faltou um pouco de sorte. Podíamos estar, hoje, a jogar a Liga dos Campeões. Há que olhar para a frente e demonstrar que este clube vive de vitórias e de títulos, com a Taça de Portugal, no final do ano”, disse ainda.

“Não quero entrar por aí. Somos um grupo muito forte, damo-nos todos muito bem uns com os outros. Sabemos que este clube é muito exigente, vive de vitórias e títulos. Agora, há que fazer o que temos feito, continuar com a nossa união para conseguir as vitórias que nos faltam”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *