Fim de linha no FC Porto? Os três ‘pecados capitais’ de Fábio Cardoso

Numa época em que as coisas não estão a correr propriamente bem ao FC Porto, há jogadores que também ‘levam por tabela’, sendo que um dos casos mais evidentes é mesmo o de Fábio Cardoso, pelas dificuldades em afirmar-se entre as principais opções de Sérgio Conceição.

Com 27 jogos disputados na presente temporada, o central de 29 anos nem está longe de superar a melhor marca de jogos desde que chegou ao Dragão (com 30 partidas na passada época), mas a verdade é que o seu mais recente regresso à titularidade, diante do Vitória SC (1-2), no passado domingo, deverá ser algo passageiro.

Em função do castigo de Otávio Ataíde, por acumulação de amarelos, Fábio Cardoso beneficiou de mais uma oportunidade para convencer o treinador dos azuis e brancos, mas a verdade é que, ao intervalo, acabou mesmo por ser substituído por Zé Pedro, podendo eventualmente ter perdido a hipótese de render Pepe (expulso aos 70 minutos no mais recente ‘tropeção’ da equipa) já no próximo duelo, frente ao Famalicão.

A verdade é que a sua regularidade no onze só foi ‘palavra de ordem’ ao aproveitar lesões de colegas como Iván Marcano e Pepe, com três momentos capitais a contribuírem para o atual momento do defesa, sendo que, dois deles prenderam-se a… expulsões.

Da Luz a Arouca, não esquecendo o mais recente de todos

Fábio Cardoso começou por render Pepe na reta inicial do campeonato (com uma assistência logo na primeira jornada) devido à expulsão no Clássico da Supertaça, na derrota por 2-0 diante do Benfica, acabando depois por ser novamente chamado ao onze por força da ausência já prolongada de Iván Marcano, desde o passado mês de setembro, mas não foi propriamente feliz frente às águias, na Luz (novo ‘tropeção’, por 1-0), ao ser expulso logo aos 19 minutos da partida.

Na altura, David Carmo ainda fazia parte do plantel azul e branco, pelo que também foi sendo opção, aqui e ali, mas a verdade é que Fábio Cardoso ‘agarrou’ o lugar ao lado de Pepe, com 17 partidas consecutivas (um golo e uma assistência), até que chegou a derrota frente ao Arouca (3-2), há, sensivelmente, dois meses, quando recebeu nova ordem de expulsão em tempo de descontos. Aí, abriu-se a porta ao reforço Otávio, que rapidamente conquistou a confiança de Sérgio Conceição.

Nas últimas dez partidas, o central de 29 anos ainda disputou os ‘quartos’ da Taça de Portugal, frente à ex-equipa, o Santa Clara (1-2), acrescentando-se o mais recente desafio, na receção ao Vitória SC, com uma substituição a meio, que figura, provavelmente, como o terceiro momento capital numa época algo ‘atribulada’, dado que serão escassas as hipóteses de vir a jogar muito mais vezes até ao fecho da presente época. Conseguirá Fábio Cardoso fixar-se no onze na próxima época, de modo a ser mais Car(i)doso para a sua equipa? Descobriremos caso se mantenha no próximo plantel.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *