Fernando Madureira preso por caso envolvendo o Benfica

Fernando Madureira foi condenado a sete meses de prisão, com pena suspensa, na sequência do caso das agressões a adeptos do Benfica e agentes da PSP, após um jogo de hóquei em patins entre o FC Porto e os encarnados em 2018.

O líder dos Super Dragões também foi proibido de entrar em estádios durante um ano e meio.

Madureira assistiu à leitura da sentença por videoconferência, uma vez que se encontra detido na sequência do processo Operação Pretoriano.

Hugo Carneiro ‘Polaco’, também envolvido no caso, foi condenado a um ano e três meses de pena suspensa por dois anos, estando ainda proibido de entrar em recintos desportivos por um período de um ano e seis meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *