FC Porto escorrega frente ao Famalicão e mantém-se em crise

O FC Porto não foi além de um empate a duas bolas com o Famalicão em jogo a contar para a 28ª jornada da I Liga.

Os dragões alinharam com Diogo Costa; Jorge Sánchez, Zé Pedro, Otávio e Wendell; Grujic e Nico González; Francisco Conceição, Pepê, Ivan Jaime e Evanilson.

Já os famalicenses apostaram em Luíz Júnior; Nathan, Mihaj, Justin de Haas e Francisco Moura; Topic, Zaydou Youssouf e Gustavo Sá; Sorriso, Puma Rodríguez e Cádiz.

Logo aos nove minutos Jhonder Cádiz colocou o Famalicão na frente do marcador. Cruzamento de Puma Rodríguez, Cádiz subiu mais alto entre os centrais e cabeceou para o fundo das redes.

Os azuis e brancos chegam ao empate aos 17 minutos graças ao autogolo de Zaydou Youssouf. Jorge Sánchez lança Evanilson, que ganha a bola de carrinho sobre a linha e serve Francisco Conceição, entra na área, tenta cruzar e Zaydou desvia com o peito para a própria baliza.

Mas aos 45+1 minutos Cádiz gelou o Dragão ao bisar na partida. Gustavo Sá recebeu com muito espaço no corredor direito, cruzou rasteiro e em força, Sorriso falhou o desvio, mas Cádiz, completamente solto ao segundo poste, encostou para o 2-1.

Aos 82 minutos Mehdi Taremi voltou a restabelecer a igualdade. Jogada conduzida pela esquerda por Galeno e o ponta de lança fuzilou a baliza contrária. Primeiro golo do iraniano pelo FC Porto em 2024.

Aos 90+4 minutos Evanilson foi expulso. Sucessão de empurrões e o avançado brasileiro agrediu Mihaj e está fora do jogo decisivo com o V. Guimarães, a contar para a 2ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *