FC Porto apanha susto nos Açores, dá a volta e está nas ‘meias’ da Taça

O FC Porto garantiu, esta quinta-feira, um lugar nas meias-finais da Taça de Portugal depois de regressar aos Açores para retomar o duelo com o Santa Clara, que havia sido interrompido no dia 7 de fevereiro, e… vencer (2-1) numa tarde de sol com direito a reviravolta.

Os dragões até foram para intervalo a perder, depois dos açorianos abrirem o marcador em apenas 10 segundos, mas souberam dar a volta ao texto no segundo tempo, agarrando um lugar na fase seguinte da prova rainha.

De resto, o FC Porto já sabe que vai defrontar o Vitória SC nas ‘meias’ da prova rainha.

Filme do jogo

Após os famosos (e chuvosos) 27 minutos jogados no dia 7, a partida desta tarde arrancou a partir de um lançamento de linha lateral que deu… em golo. Após quatro toques, e uma defesa incompleta de Diogo Costa, o brasileiro Rafael Martins foi mais rápido que tudo e todos e desfez o nulo com apenas 10 segundos decorridos.

O golo deixou o Estádio de São Miguel ao rubro e moralizou o Santa Clara, que foi mostrando o porquê de estar na liderança isolada da II Liga. O FC Porto revelava, por seu turno, problemas em lidar com o bloco mais baixo dos açorianos e apenas na segunda parte conseguiu dar uma resposta cabal.

Após o intervalo, e já depois de Sérgio Conceição fazer entrar Danny Namaso para o lugar de João Mário, optando pelo 4x4x2, eis que os dragões conseguiram consumar a reviravolta no marcador.

Evanilson, aos 52 minutos, e Galeno, aos 61′, deram a volta ao texto, em dois lances que contaram com a participação decisiva de Francisco Conceição.

O Santa Clara viu-se obrigado a voltar a arriscar e Safira entrou aos 72 minutos para espalhar o pânico na defesa do FC Porto. Depois de ter ficado à beira do golo aos 76 minutos, o ex-Vitória SC acertou no poste apenas dois minutos depois, deixando Diogo Costa a fazer contas à vida.

O resultado, porém, não mais se alterou, apesar da ousadia açoriana, e o FC Porto viu confirmada a passagem às meias-finais da Taça de Portugal. Segue-se o embate dos portistas frente ao Vitória SC, a duas mãos.

Momento do jogo: A mudança tática implementada por Sérgio Conceição ao intervalo desbloqueou o jogo. O Santa Clara foi surpreendido e deixou fugir a vantagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *