Ex-FC Porto está desesperado por causa dos vícios e pediu ajuda “Onde eu me meti”

Daniel Osvaldo, um ex-jogador internacional italiano que jogou pelo FC Porto em 2016, partilhou um vídeo nas redes sociais nesta quinta-feira, expressando que se sente muito desesperado e onde pede ajuda para superar a situação.

“Há bastante tempo que venho a lutar contra uma depressão muito grande. Esta depressão fez-me cair em alguns vícios, com álcool e drogas. A verdade é que estou num momento no qual a minha vida está a escapar-me das mãos (…). Estou em tratamento psiquiátrico, a tomar medicação. Tenho uma doença muito específica”, começa por dizer.

“Por nojo, caí na autodestruição, e isso afeta as pessoas ao meu redor. Vivo praticamente sozinho, fechado, em casa. Não saio a lado nenhum, não faço nada produtivo da vida. Às vezes, nem vontade tenho de sair da cama ou ir à casa de banho”, continuou.

“A única maneira que tenho de sair é que as pessoas saibam aquilo por que estou a passar. Caí em vícios muito feios, o que agravou a minha depressão. Isto fez-me afastar de pessoas de quem gosto e que gostam muito de mim. Não tenho vontade de ver a família, de estar com os meus filhos…” disse ainda.

“No passado, fui um futebolista de elite. Era uma pessoa completamente diferente, cheia de segurança e confiança. Agora, sou uma pessoa que não reconheço. Está a custar-me muito sair disto. Não tenho um trabalho estável, gastei praticamente todas as poupanças, porque, como não tenho receitas, o dinheiro não chega para sempre. O dinheiro nunca me interessou. Posso morrer pobre, não me interessa, mas o que me magoa é que estou a empobrecer a alma”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *