Detidos os responsáveis das ameaças a Di Maria e à família

Os responsáveis pelas ameaças e disparos contra a família de Di María foram detidos, conforme anunciado hoje pela ministra da segurança da Argentina, Patricia Bullrich. “Pablo Acotto, que já estava sendo investigado por tráfico de drogas, confessou ser o autor das ações por meio de escutas telefônicas. Sara Belén Gutiérrez e Gabriel Ismael Pastore, que colaboraram, foram presos pela PFA e pela Polícia de Santa Fé”, explicou ela no Twitter.

Esse episódio fez Di María pensar duas vezes sobre uma possível transferência para o Rosario Central, mas Patricia Bullrich tranquilizou sobre a segurança na cidade. “Estamos lutando contra as máfias, traficantes e extorsionistas para garantir a segurança dos cidadãos de Rosario e de todos os argentinos”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *