‘Derbi com o Benfica é xeque-mate nas contas do título?’ Amorim responde

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Estrela da Amadora, Rúben Amorim fez questão de salientar que o Sporting terão uma difícil deslocação e lembrou as dificuldades que os amadorenses impuseram em Alvalade, no jogo da 1ª volta.

“A equipa está bem, deu para recuperar alguns jogadores, para descansar. Outros jogadores foram para a seleção. Apenas o Inácio fez os 90 minutos no último jogo e devido ao período de recuperação e o historial deve, teve uma lesão, poderá ter de haver gestão. O resto está pronto. Tivemos um percalço com o Seba que recuperou, o Marcus fez 2 dias de treino, também o vamos levar. O Trincão recuperámos até ao último minuto a lesão no pé e também vamos levar. Temos de levar toda a gente, sabemos que é um jogo difícil. O Estrela é sempre difícil, tem jogadores rápidos na frente. Tivemos problemas no primeiro jogo. Foi muito pela nossa colocação de alguns jogadores não vou dizer quem. Olhando para a imagem do jogo acho que vamos melhorar. Temos de ser tão fortes como fomos com o Moreirense a parar transições. Também há bola parada, há um jogador específico no Estrela que se jogar torna isso ainda mais importante. Sabemos o que temos de fazer. Voltar à mentalidade que sabemos que não podemos perder, temos de ganhar, está a acabar”, afirmou.

O calendário aponta para o derbi com o Benfica e o técnico leonino foi questionado sobre uma eventual vitória sobre o rival significaria um xeque-mate nas contas do título.

“Não acho. Já vivemos isso no último título. Quando menos se espera perdemos 6 pontos em 4 jornadas. Tudo pode acontecer. Acho que este jogo do Estrela ainda é mais importante porque é um preparar para um jogo especial, diferente, pela envolvência que tem. Este é o jogo mais importante e até mais decisivo do que o do Benfica“, referiu.

“Estamos a falar de uma vantagem de um ponto. Temos um jogo na mão, mas esse não está ganho. Se me perguntarem mais para a frente se tudo corre bem daqui a algumas semanas poderei responder. No ano do título disse que só nós podíamos perder o campeonato. Estamos a falar de um ponto e o outro jogo ainda não foi ganho, deslocação difícil. Todos podem ganhar ou perder. Quando uma equipa grande perde um campeonato não só o adversário ganha como nos perdemos“, acrescentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *