Declaração de Roger Schmidt após derrota do título para o Sporting

O Famalicão venceu hoje o Benfica por 2-0, resultando na consagração do Sporting como campeão nacional pela 20ª vez, sem sequer jogar. Roger Schmidt, em declarações após o jogo, expressou o seu pesar pelo desfecho desfavorável do Benfica em Famalicão e felicitou o adversário pela conquista do título nacional.

“Primeiro que tudo, quero dar os parabéns ao Famalicão pela vitória, mas também ao Sporting pela conquista do título. O Sporting mereceu ser campeão este ano, por isso, parabéns também para o Rúben Amorim. Tentámos o nosso melhor, mas o nosso melhor não foi suficiente para sermos campeões e terminamos em segundo. A segunda parte começámos muito bem, tivemos bons momentos ofensivos e muitas oportunidades para marcar, mas não o fizemos e o adversário conseguiu-o em saídas de contra-ataque. Perdemos o jogo e o campeonato”, começou por dizer.

“O que dói é que não vencemos hoje porque queríamos vencer os três últimos jogos e dificultar ao máximo a tarefa do Sporting. Este tipo de coisas podem sempre acontecer. Temos de aceitar e crescer com este tipo de derrotas”, continuou.

“Difícil de dizer, o Sporting foi muito estável durante toda a temporada, é provável que eles tenham 90 pontos, se quiséssemos ser campeões esta temporada teríamos de quebrar o recorde do Benfica e para isso teríamos de ter tido uma temporada formidável e se olharmos para o que fizemos esta temporada não esteve a esse nível. Foi boa, mas não foi fantástica”, respondeu, quando questionado se foi mérito do Sporting ou demérito do Benfica.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *