Conceição dá moral ao Benfica e deixa recado ao árbitro

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Benfica, Sérgio Conceição diz esperar muitas dificuldades para o FC Porto.

O técnico dos dragões aproveitou para discordar da ideia de que as águias vivem mais de individualidades como Rafa e Di Maria e destaca o seu coletivo, ao mesmo tempo que tece rasgados elogios ao rival.

“Dentro da dinâmica ofensiva das equipas há sempre jogadores que se destacam pelas caraterísticas que têm, uns de uma forma, outros de outra. Nós abordámos em Barcelos, por exemplo, os jogadores que tinham preocupações diferentes. É normal haver jogadores na ligação e isso faz parte. Rafa e Di María são dois excelentes jogadores, experientes e com qualidade acima da média, mas Benfica tem outros. Temos a tendência de olhar para o jogador que faz a diferença. O Benfica perdeu o primeiro jogo no Bessa e não perdeu mais fora, penso eu. Não estou aqui a dar moral de barato. Com maior ou menor dificuldade, têm feito o seu trajeto. Desde novembro, tirando o jogo agora com o Sporting e na meia-final da Taça da Liga, não perde há quatro meses. Acho que não são só as individualidades. É a defesa menos batida da Liga, e isso por si só diz que há trabalho coletivo. Não embarco muito nisso, temos de olhar para a equipa como um todo. Claro que nessa organização coletiva, há jogadores que se destacam em diferentes momentos. Quem conseguem meter dentro da área, concluir as jogadas… É para isso que temos de olhar”, afirmou.

No entanto, esta temporada o saldo contra os rivais tem sido negativo, contrariando com o seu histórico ao longo destas sete temporadas à frente do FC Porto, algo que Conceição espera mudar já amanhã.

“Espero acabar o jogo amanhã com 11, como disse o Rúben Amorim. Na Luz fizemos um excelente jogo, mas tivemos uma expulsão no início. Na Supertaça, penso que é unânime ou foi unânime a opinião de que nós, até ao golo do Benfica, controlámos e fomos muito competentes e mais fortes. Mas os jogos são todos diferentes. Mesmo em Alvalade, apesar do Sporting ter feito um bom jogo, acho que houve momentos em que merecíamos um bocadinho mais do que sair de Alvalade daquela forma. Posso arranjar mil desculpas, mas temos de ser mais competentes e ganhar jogos. Amanhã temos a oportunidade de fazer isso. Temos um adversário com valia pela frente, queremos preparar o jogo e ganhá-lo sem olhar muito para as estatísticas. Não quero adormecer nisso, sei que o meu historial é positivo”, referiu.

Conceição também deixou uma mensagem a João Pinheiro, o árbitro escolhido para a partida.

“Disse tudo aquilo que já tinha dito, está aí na sua pergunta. O que posso acrescentar é desejar ao João Pinheiro e à equipa de arbitragem e VAR que sejam competentes e que, no final, não seja por algum erro deles que o jogo se possa decidir“, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *