Bryan Ruiz lembra golo perdido no dérbi: “Ronaldo e Messi falharam assim”

Odia 5 de março de 2016 ficou para sempre marcado na memória de Bryan Ruiz e de todos os sportinguistas. Não pela data, claro está, mas pelo ‘falhanço’ do costarriquenho na segunda parte do Sporting-Benfica, na reta final da I Liga edição 2015/16. O Benfica ganhou esse jogo com um golo de Kostas Mitroglou e acabou por arrecadar o título.

Na antecâmara para um novo dérbi, oito ano depois, o jornal A Bola entrevistou o antigo médio, retirado desde o ano passado e, entre outros temas, recordou a mítica jogada.

“É uma situação que como se diz habitualmente… acontece uma vez em 100. Já vi Cristiano Ronaldo ou Messi falhar este tipo de lances. Também falham. Todos podem ter um momento daqueles. Mas a situação piorou e foi mais falada porque significou a passagem do Benfica para a liderança. Vencemos os oito jogos seguintes, tal como Benfica. E as pessoas falam e apontam esse momento como aquele que definiu o campeonato. Mas acho que foi um lance que todos os jogadores, ao longo da sua carreira, acabam por viver. Infelizmente, para mim, o Benfica passou para a frente aí e decidiu a Liga. Acho que fizemos tudo para ganhar o campeonato”, começou por dizer.

“Foi um lance que me marcou, foi difícil, porque sei que muitas pessoas no Sporting gostam de mim, mas muitas outras recordam mais esse falhanço do que os golos, assistências ou jogadas que fiz no Sporting. Mas faz parte do futebol. Mesmo assim, sinto enorme carinho dos sportinguistas e fizemos uma temporada muito boa esse ano”, explica Ruiz, que admitiu ter recebido muito apoio “dentro e fora” do Sporting depois desse lance.

Quanto à atualidade, com o Sporting a liderar o campeonato por um ponto, mas com mais um jogo que o Benfica, Bryan Ruiz está a ‘torcer’ para um bom resultado leonino:

“Este último dérbi foi muito positivo para o Sporting porque demonstrou ao adversário que, em jogos importantes, onde tem de conseguir um resultado positivo, a equipa consegue… É sempre difícil jogar na Luz, mas o Sporting conseguiu demonstrar em casa do rival que consegue segurar resultados quando é preciso. Mostrou uma posição de força. E agora, tal como na Taça, o Benfica tem mesmo de ganhar. Não tem outro resultado. Se não ganha fica com o ano perdido. Espero que o Sporting consiga um resultado positivo para agarrar este título.”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *