As declarações de Roger Schmidt que estão a revoltar os benfiquistas de um jeito nunca antes visto

O Benfica empatou (2-2) no domingo em Guimarães, contra o Vitória, num jogo onde os jogadores de Guimarães estiveram com 10 jogadores desde o minuto 64 até ao final do jogo.

Após o jogo no Estádio D. Afonso Henriques, Roger Schmidt destacou as dificuldades enfrentadas pela sua equipa contra os vimaranenses, referindo que, mesmo nas piores circunstâncias, ganhar um ponto é sempre melhor do que perder. O treinador alemão das águias também comentou que o relvado encharcado dificultou a prática de um bom futebol.

“Claro que o objetivo era ganhar, mas é sempre difícil jogar aqui, ainda para mais nestas circunstâncias, que torna tudo uma espécie de lotaria, mas um ponto é melhor do que nada. É um resultado justo. O Vitória esteve bem, fez um bom jogo. Não é fácil estarmos em desvantagem e depois recuperarmos, os nossos jogadores estiveram bem”, começou por dizer.

“Especialmente porque o relvado não estava muito bom, a partir do meio-campo estava completamente diferente. Foi difícil fazer combinações na segunda parte, foi muito difícil para os jogadores se adaptarem ao estilo de jogo e às circunstâncias do jogo de hoje.”, continuou.

“Especialmente porque o relvado não estava muito bom, a partir do meio-campo estava completamente diferente. Foi difícil fazer combinações na segunda parte, foi muito difícil para os jogadores se adaptarem ao estilo de jogo e às circunstâncias do jogo de hoje.”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *