Aqueceu: Sérgio Conceição provoca divisão na estrutura do Barcelona

O Barcelona está, oficialmente, ativo no mercado em busca de uma nova solução para o comando técnico da equipa principal, fruto do inesperado anúncio de Xavi Hernández, que irá abandonar o cargo já no final da presente temporada.

De acordo com informações adiantadas, esta terça-feira, pelo jornal espanhol As, este dossiê estará a originar intensas discussões no seio da estrutura do histórico conjunto blaugrana, uma vez que Joan Laporta e Deco defendem a aposta em perfis diametralmente diferentes para a vaga.

Por um lado, escreve a publicação, o diretor desportivo mantém que Sérgio Conceição tem o perfil ideal para suceder ao atual treinador, dado, não só o trabalho levado a cabo no FC Porto, como também o facto de ser agenciado por Jorge Mendes, com quem mantém uma boa relação.

Por outro, o presidente entende que é necessário apostar tudo num timoneiro de provas dadas ao mais alto nível do futebol europeu, razão pela qual acredita que o homem certo é o ex-selecionador alemão, Hans-Dieter Flick.

No lote de preferências do dirigente estarão, ainda, nomes como Thomas Tuchel (do Bayern Munique) ou Julian Nagelsmann (da seleção alemã), isto porque os alvos prediletos, Pep Guardiola (do Manchester City) e Jurgen Klopp (do Liverpool) são considerados inalcançáveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *