André Villas-Boas volta a falar com os jornalistas para explicar que mudanças são necessárias no clube portista

No domingo, durante o Clássico entre o FC Porto e o Sporting, que terminou com um empate (2-2), o Estádio do Dragão recebeu 45.230 espectadores, incluindo André Villas-Boas.

Antes do início do jogo, o recém-eleito presidente do FC Porto dirigiu-se aos meios de comunicação do clube, demonstrando estar concentrado em “responder às exigências” do cargo.

“Ontem [sábado] foi uma eleição histórica. Um grande sinal de força e vitalidade do FC Porto. E agora cabe-me responder às exigências dos portistas, mantendo este clube na senda das vitórias, respeitando o seu legado e torná-lo estruturado, organizado e sustentável para o futuro”, começou por afirmar André Villas-Boas.

“Somos um clube de associados e os associados mostraram a sua força, quiseram ter uma palavra a dizer nas eleições do FC Porto e isso traduziu-se em números absolutamente históricos”, continuou.

“Tem que haver um sentido comum e um bem comum, que é o bem comum do FC Porto, e acho que os associados, durante este período de transição, irão focar-se no bem comum do FC Porto que é o mais importante”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *