André Villas-Boas: SAD do FC Porto pode ter sido lesada em 50 milhões de euros

André Villas-Boas compareceu esta manhã na Direção de Finanças de Braga no contexto da Operação Prolongamento. De acordo com a CMTV, o presidente do FC Porto chegou às instalações por volta das 10h30 e saiu pouco antes das 14h, tendo-se reunido com o inspector Paulo Silva e com o procurador do Ministério Público, Rosário Teixeira.

A Operação Prolongamento remonta a novembro de 2021, altura em que a revista Sábado revelou a investigação policial sobre o alegado desvio de verbas da Altice e do FC Porto, relacionadas com transferências de vários jogadores. No caso do FC Porto, Pinto da Costa teve as suas comunicações interceptadas e foi alvo de buscas, tal como Alexandre Pinto da Costa e Pedro Pinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *