André Villas-Boas: “Resposta de Pinto da Costa? Cada candidatura tem o seu tom”

Resposta de Pinto da Costa, que disse para “chamar pai a outro”: “Não há troca de argumentos, porque esta candidatura só tem um tom e a outra terá outro, evidentemente. Cada um é responsável pelos seus atos e pelas suas palavras. Não vou alongar-me muito. Fui convidado para fazer o documentário sobre o Sr. Presidente, filo com muito gosto e com muito prazer, dediquei as palavras que achei que tinha que dedicar, e se o mesmo não gosta das mesmas, se bem que não é aquelas que ele diz que eu disse, basta mandar retirar do documentário. Não tenho problema absolutamente nenhum e espero que o próprio também não tenha.”.

Que medidas defende para a alteração dos estatutos? “Vamos ver, cada coisa a seu passo. Primeiro é preciso que esta candidatura entre em poder. Será membro por inerência do Conselho Superior esta Direção, também a anterior será, e depois as várias listas irão constituir o órgão do Conselho Superior na sua totalidade, tendo em conta a atribuição de votos. Os estatutos naturalmente devem ser revistos e retocados, o que não pode ser é serem revistos e retocados à pressa e serem lançados a 7 meses do ato eleitoral, e foi por isso que os sócios decidiram marcar presença em número para que isso não acontecesse.”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *