Amorim mete dedo na ferida após vitória na Taça frente ao Benfica

Após a vitória do Sporting diante do Benfica na Taça de Portugal, Rúben Amorim reconheceu que os encarnados foram superiores nesta partida.

“Hoje claramente não fomos. O Benfica foi mais forte num ambiente difícil. Faltou-nos muita bola. No primeiro jogo fomos superiores e a vantagem pecou por escassa. O Benfica hoje foi mais agressivo. Quando temos que defender muito tempo complica-se tudo. Uma primeira parte complicada, em que aguentamos bem o 0-0 na primeira parte. Entrámos bem na segunda. Nunca senti que a equipa tivesse o fio de jogo que costuma ter. Há dias assim. Houve muitos jogadores abaixo do seu nível. Temos que melhorar para sábado. Vamos ver as imagens e preparar o próximo jogo”, afirmou.

O técnico leonino lembra a importância de olhar mais para a exibição do Sporting do que para o resultado para encarar o derbi de sábado da melhor forma.

“As sensações do campo estão lá. Temos que olhar para o jogo e não para a passagem. Passámos com mérito, mas o jogo vai ter uma história diferente e vamos estar preparados para isso“, assegurou.

Amorim disse ainda que acredita na dobradinha.

“Se não for eu acreditar… toda a gente acredita. Como vimos hoje vai ser muito difícil… vai ser até ao fim. Temos ainda vários jogos. Jogo a jogo vamos pensando nisso. Obviamente que acredito”, referiu.

Questionado sobre se a final da Taça será o seu último jogo como treinador do Sporting, Amorim respondeu:

“Estou muito focado e a pensar no jogo de sábado. Se pode ser ou não? Vamos ver“.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *