Amorim: ‘Basta ver o Benfica. Schmidt às vezes é contestado’

A visita do Sporting ao Moreirense será o jogo 194 de Rúben Amorim à frente dos leões, tornando-se no segundo treinador, a par de Paulo Bento, com mais jogos na história verde e branca.

Numa entrevista recente ao diário desportivo Record, a propósito deste feito, o treinador leonino referiu que falta fazer tudo no Sporting.

Na antevisão ao jogo com o Moreirense, procurou explicar essa declaração.

“Quando treinamos uma equipa grande tudo o que foi feito para trás já não conta. Basta ver o Benfica, o treinador às vezes é contestado e no ano passado foi campeão. Ganhamos um dia e no dia a seguir já nada conta. Para o Sporting é importante voltar a ser campeão, falta tudo por fazer porque já não ganhamos há um ano e tal, já esquecemos o que é ganhar títulos. Num clube grande há que seguir em frente. Sobre o treinador, sou um novato ainda, estou onde me sinto bem, não faço grandes planos para o futuro, como fazia quando era jogador. A família é importante, sou um treinador que não faz grandes planos, que vive o dia a dia e o futuro logo se verá“, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *